Creme de Limão (Lemon Curd)

/cIMG_7152

Este creme de limão é um super curinga. Serve para recheios de torta ou tartelet de limão, cupcakes e até mesmo cobertura de cheesecake. Ou simplesmente acompanhar um pedaço de um bolo simples. Fácil de fazer e dura umas duas semanas na geladeira se armazenado em vidros esterelizados. Este creme de limão é bem diferente daquele creme tão comum em tortas de limão, feito com limão, leite condensado e creme de leite. Na Europa e USA é comum encontrar Lemon Curd pronto em supermercados. Por aqui eu desconheço.

Eu preparei hoje para rechear os cupcakes que vou fazer amanhã. Não perca!

Ingredientes

115 ml de suco de limão fresco (usei limão siciliano)

1 colher de sopa de raspas de limão

75g de açúcar

4 gemas peneiradas

60g de manteiga sem sal

Como fazer

– Coloque todos os ingredientes num pirex e leve ao fogo em banho Maria (não deixe o pirex encostar na água). Misture sem parar com um batedor de arame (fuet) até ficar cremoso e consistente. Leva aproximadamente 20 minutos;

– Jogue água fervendo em um vidro e em sua tampa, escorra e com o vidro ainda quente, coloque o creme. Tampe, deixe esfriar e leve a geladeira.

4 comments

    • Eliana says:

      Oi Vanessa, obrigada por sua visita. Respondendo a sua pergunta: é para não encostar a tigela na água. Desta forma controlamos melhor a temperatura e evitamos, ovos mexidos.
      Quanto a sua observação você está certa: Tecnicamente você esta certa, pois o processo de banho Maria consiste em aquecer de forma lenta alguma substancia num recipiente submergindo-o em outro recipiente. A substancia é aquecida pelo vapor da água aquecida chegando ao recipiente onde esta a substancia que queremos aquecer. Em culinária alguns preparos ficam melhores quando não há o contato direto com a água, caso de preparação com ovos ou derretimento de chocolate. Já no forno, no preparo de pudins, por exemplo, o contato é direto. Mesmo sem encostar, o cozimento pelo aquecimento através do vapor ainda é chamado de banho maria. Abraços

  1. Geni Valle cordeiro says:

    oi Eliana, está täo bem explicada sua receita q a nossa collega acima poderia ter sido Mais delicada para sanar dúvidas! Pq a grosseria? Admiro a paciência e delicadeza q vc e outras pessoas têm ao compartilhar tantas “gostosuras” e ouvir mi mi mís de cozinheiros bicudos !!!! Affff

Deixe uma resposta