Fashion Food

Existe moda na Gastronomia? Existe sim, sempre existiu e atualmente, mais do que moda na gastronomia, a gastronomia nunca esteve tão na moda.

A moda segue tendências a cada estação, a cada época, a gastronomia também.

No Brasil e mundo afora chefs celebridades proliferam, assim como os Programas na TV e até mesmo no cinema. Nas livrarias, centenas de livros e revistas têm agora posição de destaque. Nem sempre foi assim. Há uns trinta anos já havia programas de culinária na TV brasileira, mas eram poucos, e os cozinheiros e culinaristas (assim eram chamados), não tinham status de pop star.

Lembro bem do programa A cozinha Maravilhosa da Ofélia, pioneira dos programas de culinária na TV brasileira. Na minha primeira licença maternidade (há 29 anos) eu assistia todas as manhãs. Eram receitas simples, mas quanta dica valiosa. Já na minha segunda licença maternidade (lá se vão 27 anos) eu assistia o programa da Ana Maria Braga, que ainda não era na Globo. A cada dia vários culinaristas. Todos muito bons. Palmirinha começou por lá. Álvaro Rodrigues com suas receitas sofisticadas. O cara é fera! Uma vez na semana era o dia da culinária Diet&Light com a Dra. Cecilia Corsi. Gravei em DVD todas as suas receitas que são excelentes. E tantos outros.

Recentemente com o crescimento do acesso aos canais pagos, chefs de programas de culinária como Claude Troisgros (Que Maravilha), Guga Rocha, Rita Lobo (Cozinha Prática), Carla Pernanbuco (Brasil no Prato), Bela Gil (Bela Cozinha), só para citar alguns, tornaram-se conhecidos do público em geral e tem fãs e seguidores. Dos programas internacionais como Master Chef, Cake Boss, The Great British Bake Off (com Mary Berry, “the queen of baking”, minha preferida, uma fofa, e Paul Hollywood), Michel Roux Jr, Jamie Oliver, Nigel Slater, Nigella Lawson e tantos outros surgem como figurinhas conhecidas por aqui.

E neste cenário tem muita gente que assiste aos programas, compra os livros, faz algumas receitas, descobre que adora cozinhar e pronto, a virou “chef” também. É uma grande onda…..Acho até que está demais e logo virá uma saturação, ou uma mudança neste cenário.

A “moda” que pretendo compartilhar aqui é um resgate da história. Pratos que fizeram sucesso em algumas épocas, que foram modismos de época e também os Clássicos da culinária, que sempre estiveram “na moda” e continuam tão atuais como quando surgiram.